Ban chocado com novo ataque à Missão da ONU no Mali

8 outubro 2014

Um capacete azul do Senegal morreu na ação e outro ficou ferido; foi o segundo atentado em cinco dias contra a Minusma; Conselho de Segurança discute situação no país esta quarta-feira.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral está chocado com um novo ataque contra a Missão Integrada da ONU de Estabilização no Mali, Minusma. Numa nota, divulgada na noite de terça-feira, Ban Ki-moon condenou a ação, que matou um capacete azul do Senegal e deixou outro ferido.

Segundo Ban Ki-moon, homens não identificados lançaram seis explosivos contra o campo da Minusma em Kidal. Este foi o segundo ataque num período de cinco dias.

Conselho de Segurança

O secretário-geral lamentou que desde julho de 2013, um total de 31 capacetes azuis tenham sido mortos e 91 feridos durante ações contra a missão no Mali.

Nesta quarta-feira, o Conselho de Segurança faz uma reunião para discutir a situação no país africano.

O subsecretário-geral da ONU para Operações de Manutenção da Paz, Hervé Ladsous, está no Mali e participa por videoconferência.

Antes do encontro, Ban Ki-moon lembrou às partes envolvidas sobre a responsabilidade em prevenir ataques contra capacetes azuis e reforçou sua posição de que apenas uma solução política poderá levar paz e estabilidade aos malianos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud