Unrwa diz que 138 estudantes morreram em Gaza durante último conflito
BR

2 outubro 2014

Agência da ONU confirmou número com reinício do ano letivo na região; no total 550 crianças morreram e 814 ficaram feridas em quase dois meses de confrontos entre israelenses e palestinos.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos informou esta quinta-feira que 138 estudantes palestinos morreram em escolas da Unrwa, em Gaza, durante o último conflito com Israel.

A agência confirmou o número com o reinício do ano letivo na região com a volta de 241 mil crianças às escolas.

Ajuda Psicológica

Segundo a Unrwa, o número total de crianças mortas em Gaza, nos 50 dias de conflito entre israelenses e palestinos chegou a 550. Além disso, 814 foram feridas e 560 ficaram órfãs por causa das hostilidades.

A agência da ONU declarou que continua comprometida com a ajuda psicológica, principalmente para crianças. Na semana passada foi implementado um Programa de Saúde Mental com mais treinamento para que os professores saibam como fornecer apoio psicossocial aos alunos.

A Unrwa divulgou também uma análise sobre as residências danificadas ou destruídas durante o conflito. As autoridades disseram que pelo menos 80 mil casas foram atingidas, um número bem mais alto do que os 60 mil divulgados inicialmente.

A Unrwa calcula que pelo menos 20 mil delas ficaram inabitáveis.

Desabrigados

A agência afirma que as crianças representam a maioria dos 110 mil desabrigados em Gaza.

As autoridades querem acelerar o processo de reconstrução da região, como também, pedem o fim do bloqueio israelense e a restauração dos direitos da população local.

A Unrwa pediu ainda uma apuração sobre as violações da lei internacional cometidas por israelenses e palestinos durante os quase dois meses de conflito.

Segundo a ONU, os confrontos deixaram pelo menos 2180 palestinos mortos e 71 israelenses.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud