Cabo Verde quer mais integração entre organizações africanas

1 outubro 2014

Embaixador do país junto à ONU, Fernando Wahnon disse que entidades precisam de mais tempo para que seus trabalhos possam surtir efeitos; países do continente participam nesta quarta-feira, em Nova Iorque, de uma reunião de alto nível sobre o tema.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Os países-membros da ONU reúnem-se esta quarta-feira no encontro de alto nível sobre integração regional e económica em África.

O objetivo é formular propostas de governação de desenvolvimento para o continente africano no contexto da Agenda 2063.

Efeitos

Um dos participantes do evento, na sede das Nações Unidas em Nova Iorque, é o embaixador de Cabo Verde, Fernando Jorge Wahnon Ferreira. Nesta entrevista à Rádio ONU, ele afirmou que é preciso dar tempo para que as entidades africanas produzam resultados, levando assim ao objetivo de maior integração da União Africana.

“Nós temos várias organizações de integração regional e temos também a União Africana. É preciso dar tempo para que o trabalho de cada uma dessas organizações possa surtir os seus efeitos para que depois possamos pensar num chapéu de chuva mais vasto que é o da União Africana. E, portanto, numa lógica de integração regional a nível do continente africano.”

O encontro de alto nível sobre as comunidades regionais em África está a ser organizado em parceria com o Sistema das Nações Unidas.  O tema é “O papel das comunidades económicas regionais na consolidação da paz, da segurança, da governação e do desenvolvimento no contexto da agenda 2063”.

O evento está sendo organizado pelo Departamento de Assuntos Políticos e a Divisão de  África I, liderada pelo subsecretário-geral Maged Abdelaziz.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud