OMS diz que mortes por ebola chegam a quase 3 mil

29 setembro 2014

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, alertou esta quinta-feira que o surto de ebola mata mais de 200 pessoas por dia, a maioria mulheres,  na África Ocidental. Os países mais atingidos são Guiné, Libéria e Serra Leoa.

O novo relatório da Organização Mundial da Saúde mostra que o número de casos atingiu 6263 pessoas, e o de mortes subiu para 2917.

A ONU realizou uma reunião de alto nível em sua sede em Nova York. O encontro  contou com a participação do presidente americano Barack Obama.

Ban Ki-moon disse que este está sendo o surto mais mortal da doença já visto no mundo, apesar dos esforços dos países atingidos e da comunidade internacional.

O chefe da ONU afirmou que muitos estão tentando evitar a propagação do vírus fechando suas fronteiras. Ele explicou que várias companhias aéreas pararam de voar para três países e o número de navios em seus portos também diminuiu.

Confira mais informações com Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da Globo News.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud