Bráulio Dias: “Mudança climática é principal ameaça à biodiversidade”
BR

24 setembro 2014

Secretário-executivo da Convenção da ONU sobre o tema explica que desmatamento e poluição já não são os principais perigos; ele diz que Cimeira do Clima foi etapa importante para enfrentar questões.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

O desmatamento e a poluição já não são mais as principais ameaças às espécies, de acordo com o secretário-executivo da Convenção da ONU sobre Biodiversidade.

Bráulio Dias participou em Nova York da Cimeira do Clima e falou à Rádio ONU que a mudança climática está cada vez mais se transformando no grande perigo.

Efeito Estufa

“Com o aquecimento global, cada vez mais se transforma numa das maiores ameaças à biodiversidade. Então a Convenção de Clima tem como um dos principais objetivos a proteção da biodiversidade. Assegurar que a emissão de gases de efeito estufa não leve a um aquecimento global além de 2° Celsius, que é o que os cientistas nos indicam como o nível máximo de segurança, para evitar que as espécies comecem a se extinguir devido a esse aquecimento global.”

A reunião de alto nível sobre o clima foi encerrada na noite de terça-feira, com líderes mundiais firmando o compromisso de diminuir a emissão de gases até 2020 e assim, evitar o aumento da temperatura.

Resultados

Governos, empresas, bancos e sociedade civil anunciaram também que irão mobilizar US$ 200 bilhões para financiar iniciativas de baixo carbono.

Para o chefe da Convenção sobre Biodiversidade, Bráulio Dias, o encontro foi uma etapa importante.

“É um processo. Nós não vamos resolver todos os desafios que enfrentamos nessa reunião aqui em Nova York. A minha mensagem é uma mensagem de otimismo, de que nós podemos enfrentar essas questões. Nós temos as soluções técnicas. Se os países se unirem mais, se houver maior intercâmbio de experiências, de lições aprendidas, uma maior cooperação para mobilizar recursos, nós temos condições, sim, de enfrentar essas questões.”

A Convenção sobre Biodiversidade, presidida por Bráulio Dias, tem o objetivo de garantir a conservação das espécies e a partilha justa de benefícios que surgem com a utilização de recursos genéticos.

*Com reportagem de Jocelyn Sambira, da Rádio ONU.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud