OMT: Copa do Mundo impulsiona crescimento do turismo na América do Sul
BR

15 setembro 2014

Segundo agência da ONU, chegadas internacionais subiram quase 5% na primeira metade do ano; crescimento foi maior nas Américas.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Segundo a Organização Mundial do Turismo, OMT, as chegadas internacionais de turistas cresceram 4,6% na primeira metade de 2014.

O crescimento mais forte foi nas Américas, 6%, seguido de Ásia e Pacífico e Europa, ambos com 5%. A Copa do Mundo no Brasil contribuiu para os resultados positivos da América do Sul.

Brasil

Destinos em todo o mundo receberam cerca de 517 milhões de turistas internacionais entre janeiro e junho de 2014. Isto representa 22 mihões a mais do que o mesmo período do ano passado.

Segundo a OMT, na América do Sul, a Copa do Mundo sediada no Brasil contribuiu para os resultados positivos da região. As receitas do turismo internacional no país cresceram 10% nos primeiros sete meses deste ano. Em junho e julho houve um aumento de 60%.

A agência afirma que a Europa é a região mais visitada do mundo.

Tendência

Segundo o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, “estes resultados mostram que o turismo está consolidando a performance positiva dos últimos anos”. Ele afirmou que isto fornece oportunidades “econômicas e de desenvolvimento”.

Rifai destacou ainda que apesar de desafios “econômicos e geopolíticos”, a chegada de turistas internacionais tem crescido em média 5% ao ano desde 2010, resultando em “mais crescimento econômico, exportações e empregos”.

Ebola

De acordo com a agência, o número de turistas internacionais na África cresceu 3%. A recuperação no norte do continente se consolidou.

No entanto, segundo a OMT, o atual surto de ebola pode afetar o turismo na região, por causa de “percepções equivocadas sobre a transmissão do vírus”.O secretário-geral da OMT afirmou que a Organização Mundial da Saúde, OMS, não recomenda qualquer proibição de viagens internacionais.