Encontro de alto nível na ONU pede agenda ousada e pragmática pós-2015
BR

12 setembro 2014

Evento, que termina nesta sexta-feira, em Nova York, faz parte da preparação para negociações que ocorrerão na próxima sessão da Assembleia Geral.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Termina nesta sexta-feira um evento de alto nível sobre um balanço da agenda de desenvolvimento pós-2015. Participaram das discussões o secretário-geral, Ban Ki-moon, e o presidente da Assembleia Geral, John Ashe, entre outros.

Na abertura do encontro, na quinta-feira, foi dado destaque à construção de uma plataforma que sustente e conclua os sucessos dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Ban Ki-moon, ao lado de outros líderes, citou tópicos como o combate à fome, à pobreza e às mudanças climáticas.

Objetivos

As metas foram estabelecidas pela Assembleia em 2000 e seu prazo expira no ano que vem. O evento é parte da preparação para as negociações da agenda pós-2015, que terá lugar durante a 69ª sessão da Assembleia Geral, que começa na próxima terça-feira.

John Ashe convidou os Estados-membros a serem “ousados e pragmáticos” ao pensarem na agenda pós-2015. Ele destacou que ela deve abordar também acesso à informação, participação e representação de mulheres, jovens, indígenas, idosos e pessoas com deficiências.

Para Ashe, “o que se procura é uma agenda transformadora que remodele o desenvolvimento global e beneficie as futuras gerações”.

Rio+20

O atual presidente da casa citou a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio+20. Segudo ele, o resultado daquele evento, realizado em 2012, colocou a comunidade internacional no caminho para redefinir o desenvolvimento global tendo em conta o bem-estar das pessoas e do planeta.

Já o chefe da ONU afirmou que o próximo ano será “intenso e importante”. Segundo Ban, o objetivo é “prosperidade e dignidade para todos num mundo onde a humanidade viva em harmonia com a natureza”.