ONU pede apoio para mulheres em missões de paz
BR

4 setembro 2014

Presidente de Comissão de Consolidação da Paz disse que as mulheres são parceiras importantes; Antonio Patriota afirmou que elas devem participar de todos os níveis dos processos de reconciliação e recuperação.

Edgard Júnior, da Radio ONU em Nova York.

A Comissão da ONU de Consolidação da Paz, PBC pela sigla em inglês, pediu apoio para as mulheres em missões de paz.

Segundo a comissão, as mulheres são parceiras importantes e devem ter garantido espaço político para participar das negociações em todos os níveis dos processos de reconciliação e recuperação.

Dinheiro

O presidente da Comissão, o embaixador brasileiro Antonio Patriota, disse num encontro realizado esta quarta-feira na sede das Nações Unidas, que visitou países que estavam saindo de conflitos, como Guiné-Bissau e Libéria.

Ele contou que se reuniu com vários grupos de mulheres nesses países para discutir suas preocupações.

Patriota afirmou que a falta de dinheiro continua sendo um dos principais desafios para a participação das mulheres na consolidação da paz.

A comissão foi criada em 2005 com o objetivo de propor estratégias integradas na recuperação dos países pós-conflito.

Desde então, o órgão já disponibilizou US$ 27 milhões, o equivalente a mais de R$ 64 milhões, para as operações de recuperação e planeja doar ainda mais para empoderar mulheres nesse processo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud