Comissão de Inquérito detalha crimes de guerra na Síria

3 setembro 2014

A Comissão de Inquérito sobre a Síria apresentou na quarta-feira, 27 de agosto, um informe a descrever atos do governo e de grupos armados que considera crimes de guerra e contra a humanidade.

O informe do período entre janeiro a julho deste ano aponta para o uso de bombas barril pelas forças armadas sírias em áreas habitadas por civis em pelo menos oito ocasiões.

O documento também aponta para crimes de guerra como ataques contra civis, assassinatos sistemáticos, tortura, estupros e desaparecimento forçado atribuídos a grupos armados ligados às autoridades de Damasco.

O exército sírio também é acusado do uso de gás cloro em bombardeamentos que levaram a um "grande número de baixas civis e espansão do terror".

Confira mais informações com Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da Globo News.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud