Ator norte-americano ajuda paz no Sudão do Sul através do cinema

3 setembro 2014

Forest Whitaker viajou ao país africano para promover a paz através de diálogo, cultura e comunicação; ator, produtor e diretor é enviado especial da Unesco.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O ator norte-americano Forest Whitaker esteve neste fim de semana no Sudão do Sul para promover a agenda da paz através do diálogo, cultura e comunicação.

O artista é enviado especial da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, para Paz e Reconciliação.

Cinema

Na capital Juba, o ator apresentou uma sessão do seu programa “Cinema para Paz” num campo da ONU para deslocados internos. O local está numa das áreas afetadas pelo conflito armado que eclodiu em dezembro passado no Sudão do Sul.

O programa foi desenvolvido por uma fundação criada por Forest Whitaker em parceria com o escritório da Unesco em Juba. O objetivo é promover a paz em locais onde se registam confrontos.

Debate

A iniciativa é baseada na projeção de filmes com temas relevantes à paz e à reconciliação seguida de um debate entre os espectadores. A 30 de agosto, a conversa após a exibição do filme “O mordomo” envolveu  40 jovens líderes.

Segundo a Unesco, apesar da atual situação de deslocados por um conflito étnico, os participantes estavam ansiosos para discutir temas como discriminação, tolerância e não-violência.

A agência afirma ainda que muitos sentem frustração e, em alguns casos, desejo de vingança por terem sofrido violência. No entanto, o programa demonstra que tais sentimentos podem ser canalizados para uma cultura de paz, se algumas práticas forem encorajadas, como diálogo e troca de ideias.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud