OMS atualiza número de mortos por ebola: já são 932 vítimas
BR

6 agosto 2014

Mais de 1,7 mil casos reportados na Guiné-Conacri, Libéria, Nigéria e Serra Leoa; Comissão de Emergência está reunida até esta quinta-feira para discutir surto e combate ao vírus.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Somente entre os dias 2 e 4 de agosto, mais 45 pessoas morreram devido ao ebola na Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa. A Nigéria também reportou novas infecções. A Organização Mundial da Saúde divulgou nesta quarta-feira uma atualização dos casos.

Até o momento, 1,711 pessoas contraíram o vírus e 932 perderam a vida, o que representa um índice de mortes de 54%. Pela primeira vez, a Comissão de Emergência da OMS está reunida para discutir o ebola.

Preocupação Internacional 

De Genebra, a porta-voz da agência, Fadela Chaïb, explicou à Rádio ONU que o objetivo da reunião é avaliar se o surto na África Ocidental pode ser considerado uma emergência de saúde pública de preocupação internacional.

Em caso positivo, os especialistas da OMS vão decidir quais são as medidas que devem ser tomadas para reduzir os riscos do vírus se espalhar para outros países, inclusive fora do continente africano.

Outras questões críticas para a agência da ONU são a possibilidade de infecções em fronteiras e entre viajantes e os impactos econômicos e sociais da transmissão do vírus.

Os resultados da reunião de emergência de dois dias serão apresentados ao público na sexta-feira.