Comissão de Inquérito será despachada para os Territórios Palestinos
BR

23 julho 2014

Resolução foi aprovada esta quarta-feira no Conselho de Direitos Humanos; único país que votou contra foi os Estados Unidos; Brasil apoia decisão de investigar violações nos territórios palestinos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O Conselho de Direitos Humanos da ONU aprovou esta quarta-feira o envio de uma Comissão Internacional de Inquérito para os Territórios Palestinos. A resolução teve 29 votos a favor, incluindo o apoio do Brasil.

O documento foi votado durante a sessão especial do órgão sobre o conflito entre israelenses e palestinos. A proposta teve 17 abstenções e apenas um país votou contra, os Estados Unidos.

Urgência

Os integrantes da Comissão serão escolhidos pela presidência do Conselho de Direitos Humanos e o grupo deve ser enviado com urgência para a área.

A equipe vai investigar “todas as violações da lei humanitária internacional” e dos direitos humanos nos Territórios Palestinos, incluindo Jerusalém Oriental e Faixa de Gaza.

O texto aprovado cita operações militares conduzidas na área desde 13 de junho. A Comissão deverá também “estabelecer fatos e circunstâncias das violações e de crimes”.

Resultados

A resolução prevê ainda identificar os autores da violência e garantir que eles sejam responsabilizados pelas ações. O documento destaca a intenção de se acabar com a impunidade e garantir maneiras de proteger os civis de futuras agressões.

A Comissão deverá apresentar resultados da investigação na 28ª sessão do Conselho de Direitos Humanos, que será realizada no primeiro trimestre de 2015.

*Apresentação: Leda Letra.

Leia Também:

Comissária da ONU quer investigação sobre conflito no Oriente Médio

Chefe da ONU se reúne com secretário americano para discutir cessar-fogo

Agências humanitárias vão lançar apelo de emergência para Gaza

Brasil volta a defender dois Estados para pôr fim à crise israelense-palestina

Ban Ki-moon reforça pedido por cessar-fogo imediato em Gaza