Conselho de Segurança da ONU pede investigação independente de explosão de avião

22 julho 2014

O Conselho de Segurança realizou uma reunião de emergência na última sexta-feira, 18 de julho,  sobre a crise na Ucrânia após a queda do avião da Malásia Airlines.

O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos afirmou que a organização está alarmada com relatos "críveis" de que o voo MH17 foi derrubado por um míssil.

Jeffrey Feltman lembrou que quase 300 pessoas inocentes, de vários países, morreram na queda do boeing. Ele contou que entre as vítimas está um funcionário da Organização Mundial da Saúde, OMS. Feltman disse ainda que o chefe da ONU, Ban Ki-moon, condena a possibilidade de que o avião possa ter sido derrubado deliberadamente.

Confira mais informações com Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da Globo News.