Conselho de Segurança quer cessar-fogo imediato em Gaza
BR

21 julho 2014

Órgão reuniu-se no fim da noite de domingo em sessão de emergência; encontro a portas fechadas foi classificado de “sóbrio” pelo presidente rotativo do Conselho, o embaixador de Ruanda, Eugene Richard Gasana.  

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Conselho de Segurança pediu um cessar-fogo imediato em Gaza. O apelo foi feito após um encontro de emergência na sede da ONU, no final da noite de domingo.

A reunião a portas fechadas foi convocada devido “à seriedade da situação”, como explicou o presidente rotativo do órgão, o embaixador de Ruanda, Eugene Richard Gasana.

Domingo

Ainda no domingo, o chefe da ONU, Ban Ki-moon, realizou a primeira parada de uma viagem oficial ao Oriente Médio para ajudar na produção de um cessar-fogo.

Ban visitou o Catar, onde esteve também com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas.

Segundo agências de notícias, domingo foi o dia mais sangrento em Gaza e em Israel. Mais de 80 palestinos foram mortos e 13 soldados israelenses perderam a vida nos combates com os movimentos Hamas e Jihad Islâmica.

Civis

O presidente do Conselho de Segurança afirmou que o encontro foi “sóbrio”, ele disse ainda que a lei humanitária internacional precisa ser respeitada incluindo a proteção de civis.

No Catar, Ban Ki-moon voltou a condenar a ofensiva contra Gaza e os ataques com foguetes de Gaza contra cidades israelenses.

Ainda no Oriente Médio, ele visitará Egito, Jordânia, Jerusalém e Ramallah, na Cisjordânia, antes de retornar à sede da ONU.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud