Ban lamenta ofensiva por terra de Israel em Gaza e escalada da tensão
BR

17 julho 2014

Secretário-geral pediu ao país que faça mais para evitar ferimentos e mortes de civis; segundo chefe da ONU não existe solução militar para o conflito.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas lamentaram o lançamento de uma ofensiva por terra iniciada por Israel contra a Faixa de Gaza, nesta quinta-feira.

A declaração foi feita em Nova York pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Líderes Regionais

O secretário-geral pediu a Israel que faça mais para acabar com o número de civis mortos e feridos nos confrontos. Segundo ele, não existe solução militar para o conflito, e o mesmo vale para a Palestina e a Síria.

Ban disse ainda que a decisão de atacar por terra ocorreu apesar de todos os apelos que ele e outros líderes regionais fizeram contra a escalada da tensão.

Segundo agências de notícias, a ofensiva por terra ocorre no décimo dia da campanha militar de Israel contra a Faixa de Gaza. Durante a madrugada, as duas partes fizeram uma trégua humanitária de cinco horas para a passagem de ajuda.

O número de mortos entre os palestinos é de cerca de 230. Os ataques com foguetes lançados de Gaza contra cidades israelenses causaram uma morte em Israel.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud