Mia Farrow visita República Centro-Africana

Mia Farrow na República Centro-Africana. Foto: Unicef/Menezes

Mia Farrow visita República Centro-Africana

Atriz norte-americana e embaixadora da Boa Vontade do Unicef retorna ao país para reportar impacto do conflito sobre mulheres e crianças; número de deslocados internos chega a 690 mil.

Edgard Júnior, da Radio ONU em Nova Iorque.*

A atriz norte-americana e embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, Mia Farrow, chega esta terça-feira à República Centro-Africana.

Na  quarta visita ao país, Farrow tem como missão testemunhar e fazer um relato sobre o impacto devastador do conflito sobre mulheres e crianças.

Violência

Farrow vai se reunir com famílias de deslocados internos e com crianças-soldado que fizeram parte de grupos armados. A atriz de visitar ainda centros médicos no país.

Segundo o Unicef, a violência na República Centro-Africana continua a afetar os menores de idade e às suas famílias. Calcula-se que o número de deslocados internos e refugiados chegue a 690 mil.

Consequências

A agência da ONU referiu que mais de 2 milhões de crianças estão a sofrer das consequências da crise. Muitas delas estão fora das escolas e expostas a doenças, à desnutrição e à violência.

Desde a última viagem da embaixadora do Unicef, em novembro do ano passado, a situação no país piorou.

A agência relata que as crianças continuam a ser mortas e alvos diretos de atos de violência como estupros, tortura e mutilações.

*Apresentação: Eleutério Guevane.