Fórum na ONU debate erradicação da pobreza e desigualdade
BR

30 junho 2014

Encontro de alto nível no Conselho Econômico e Social reúne mais de 500 representantes de governos, ONGs e sociedade civil durante duas semanas; eles vão rever as Metas de Desenvolvimento do Milênio e preparar o caminho para a agenda de Desenvolvimento Sustentável pós-2015.

Edgard Júnior, da Radio ONU em Nova York.

Começou esta segunda-feira na ONU o Fórum Político de Alto Nível que tem como objetivo debater a erradicação da pobreza e a desigualdade.

Mais de 500 representantes de governos, ONGs e sociedade civil estarão reunidos pelas próximas duas semanas para revisar as medidas globais de combate à pobreza, um dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, ODMs.

Rio+20

O presidente do Conselho Econômico e Social, Ecosoc, Martin Sajdik, disse que o encontro marca o início da implementação de uma das mais importantes recomendações da reunião Rio+20, a estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável.

Na abertura do encontro, o embaixador do Brasil junto à ONU, Antonio Patriota, disse que as conclusões da Rio+20 continuam sendo o guia para a agenda de desenvolvimento pós-2015.

Falando em inglês, o embaixador afirmou que essas metas devem ser alcançadas através de princípios acordados entre os países como a erradicação da pobreza, o financiamento e a tecnologia.

Além disso, deve ser estabelecida uma estrutura para revisão e para monitorar a implementação dos pontos da agenda.

Guia

O Fórum vai fornecer liderança política e um guia para que se alcance os ODMs até 2015 e também preparar o caminho para a agenda de Desenvolvimento Sustentável depois desse prazo.

Para Sajdik, “a chave para determinar o sucesso do encontro será o ínicio da criação, em termos reais, da revisão e da implementação das metas de desenvolvimento pós-2015”.

Entre os pontos mais importantes estão a erradicação da pobreza, a cooperação internacional para o desenvolvimento sustentável, assim como o consumo e a produção sustentáveis.