Onusida aponta desafios de combate ao HIV no Sudão do Sul

24 junho 2014

No país decorre campanha para ampliar aconselhamento e testagem; autoridades confirmam lacunas do nível de conhecimento sobre o vírus no país com poucos laboratórios de diagnóstico.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Programa Conjunto da ONU sobre HIV/Sida, Onusida, anunciou uma série de esforços em curso no Sudão do Sul para alargar serviços para aconselhar e fazer testes de HIV.

A agência mencionou uma iniciativa do Ministério da Saúde do mais novo país africano, sobre uma formação em centros de saúde de todo o território envolvendo médicos, enfermeiros e “até porteiros”.

Tratamento

O objetivo é que os participantes tenham um conhecimento prático sobre o vírus, além de adquirir informações sobre os locais onde estão disponíveis testes e serviços de tratamento.

Uma análise sobre a epidemia no país, feita este ano, revela que 45% das mulheres entre 15 e 49 anos de idade que ouviram falar sobre o vírus. O estudo foi lançado no início deste ano pelo Governo e pelo Onusida.

Em 2010, um outro estudo domiciliar de saúde revelou que apenas 23% dos homens que participaram da pesquisa tinham feito um teste de HIV. Menos da metade recebeu os resultados.

Maior Risco

O gestor do programa de HIV da Organização Mundial da Saúde para o Sudão do Sul considerou crucial divulgar a importância do conhecimento sobre o estado das pessoas, especialmente das que estejam em risco de contrair o vírus.

Entre as lacunas apresentadas pelo sistema de saúde do país, está o facto de haver apenas 22 instituições que oferecem tratamento antiretroviral em todo o Sudão do Sul.

O país também tem poucos laboratórios para diagnosticar os pacientes além dos equipamentos necessários para monitorizar o vírus.

Para abordar as questões, as autoridades dizem que pretendem integrar o tratamento nos estabelecimentos de cuidados de saúde primários e contruir 100 novos centros nos próximos anos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud