ONU cria prêmio Nelson Mandela
BR

6 junho 2014

Assembleia Geral das Nações Unidas disse que esse é um tributo às realizações e contribuições do ex-presidente sul-africano ao próprio país e ao mundo; Ban Ki-moon disse que melhor homenagem ao líder deve ser feita com ações.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Assembleia Geral da ONU criou o prêmio Nelson Rolihlahla Mandela que servirá como uma homenagem às realizações e contribuições feitas pelo ex-presidente sul-africano ao seu país e ao mundo.

O secretário-geral, Ban Ki-moon, afirmou que a “melhor homenagem a Nelson Mandela não pode ser encontrada em palavras ou cerimônias, mas em ações que levem adiante a tocha que ele nos passou”.

Unanimidade

A declaração do chefe da ONU foi feita na Assembleia Geral depois de a medida ter sido aprovada por unanimidade pela casa.

Com a adoção do prêmio, ele disse que a Assembleia Geral deu um passo à frente no compromisso de honrar o legado de Mandela.

A Assembleia Geral pediu a Ban, que em conjunto com o presidente do órgão, estabeleça os critérios e os procedimentos para conceder o prêmio, que devem ser adotados até o final de novembro.

Os termos e critérios da concessão do prêmio serão discutidos agora por especialistas da ONU sob o mandato da Assembleia Geral.