Após renúncia de rei da Espanha, Ban agradece cooperação dele com ONU
BR

2 junho 2014

Secretário-geral disse que Juan Carlos ajudou na criação da Aliança das Civilizações e nos esforços globais para atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio; ele citou também o papel do monarca na transição democrática da Espanha.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou gratidão ao rei Juan Carlos, da Espanha, pelo “empenho pessoal e contribuições valiosas ao trabalho das Nações Unidas.”

A declaração foi feita pelo porta-voz de Ban, Stephane Dujarric, esta segunda-feira, em Nova York, horas depois da renúncia de Juan Carlos ao trono espanhol.

Príncipe Felipe

Dujarric citou especificamente os trabalhos do rei espanhol na Aliança das Civilizações e também nos esforços globais para atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Ban homenageou o monarca pelo serviço público em mais de 39 anos de reinado. O secretário-geral mencionou o papel importante de Juan Carlos na transição democrática da Espanha.

O chefe da ONU disse que espera continuar sua cooperação e a das Nações Unidas com o príncipe Felipe, primeiro na linha de sucessão ao trono, e que deve assumir no lugar do pai o posto de chefe de Estado da Espanha.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud