Entrevista: Na ONU, jovem do Brasil pede mais voz para o grupo

2 junho 2014

O brasileiro Michel Chagas do Instituto Cultural Steve Bicko, no estado da Bahia, é delegado do Fórum da Juventude nas Nações Unidas. O evento arrancou esta segunda-feira em Nova Iorque.

O representante considera importante que seja tomada em conta a questão do racismo e das desigualdades na definição das metas pós-2015. Propostas do grupo para a agenda global são o centro dos debates do Fórum.

Para Chagas, deve ser debatida a participação juvenil nos espaços internacionais e fazer frente a obstáculos como língua, descrédito em relação e mitos da incapacidade de o grupo trazer propostas para do desenvolvimento.

Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane.

Tempo total: 03'03"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud