Ban espera rápida investigação sobre acidente na Turquia
BR

16 maio 2014

Secretário-geral expressou solidariedade com familiares dos mais de 280 mortos após explosão de mina; chefe da ONU ressalta importância de prevenção de desastres.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O secretário-geral das Nações Unidas expressou sua solidariedade com o povo da Turquia, após a tragédia em uma mina de carvão em Soma. Mais de 280 pessoas morreram com a explosão da mina na terça-feira e várias continuam desaparecidas.

Ban Ki-moon espera que medidas sejam tomadas para prevenir desastres no futuro. A nota foi divulgada pelo porta-voz do secretário-geral na noite de quinta-feira.

O chefe da ONU afirma estar ao lado dos turcos que estão de luto por seus “pais, filhos e irmãos” que morreram no acidente. Ban espera que as causas sejam investigadas de forma rápida.

Segundo agências de notícias, os trabalhos de resgate continuam e as autoridades da Turquia teriam classificado a explosão como um dos piores desastres do país. Pelo menos 18 pessoas estão desaparecidas.

Relatos da mídia também citam protestos realizados em Soma esta sexta-feira, e a polícia teria atirado bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes.