Crimes contra vida selvagem são destaque em congresso internacional BR

Yuri Fedotov. Foto: ONU/Jean-Marc Ferré

Crimes contra vida selvagem são destaque em congresso internacional

Escritório da ONU trabalha de perto com países para combater crimes contra animais e florestas; Yury Fedotov, diretor do Unodc, abriu a 23ª sessão da Comissão sobre Prevenção do Crime e Justiça Criminal.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Começou esta segunda-feira em Viena, na Áustria, a 23ª sessão da Comissão sobre Prevenção do Crime e Justiça Criminal. O encontro vai até sexta-feira e é organizado pelo Escritório da ONU sobre Drogas e Crime.

Ao abrir a sessão, o diretor do Unodc afirmou que trabalha em estreita cooperação com os países para combater crimes contra animais selvagens e florestas.

Ameaça Global

Yury Fedotov destacou que o Unodc fornece à comunidade internacional todo o apoio necessário na luta contra esta “ameaça global”. Segundo ele, as análises feitas pelo escritório complementam o trabalho para melhorar a resposta da justiça contra os crimes florestais e da vida selvagem.

No discurso, o diretor do Unodc também abordou outros temas que serão discutidos na conferência, como tratamento a prisioneiros, violência contra crianças, tráfico humano e de migrantes, e lavagem de dinheiro.

Conexão

Para Fedotov, o que sustenta os esforços contra esses crimes é a cooperação internacional. Ele destacou que no mundo globalizado, caracterizado por um “nível sem precedentes de conectividade”, ajuda os países a enfrentar cada vez mais o desafio de lidar com crimes transnacionais.

A expectativa para os cinco dias da conferência é que sejam discutidas várias tendências na área criminal, além da adoção de resoluções sobre o tema.

Será apresentado também um novo estudo sobre os efeitos das novas tecnologias no abuso e na exploração de menores. O encontro recebe cerca de 800 representantes de países que fazem parte do Unodc, da sociedade civil e da mídia.