Brasileiro será vice-representante da ONU na Guiné-Bissau
BR

8 maio 2014

Anúncio foi feito esta quinta-feira pelo secretário-geral Ban Ki-moon; Marco Carmignani tem mais de 20 anos de carreira nas Nações Unidas, servindo em missões políticas e de paz no Oriente Médio.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O secretário-geral das Nações Unidas escolheu um brasileiro para ser seu vice-representante na Guiné-Bissau. Marco Carmignani passa a trabalhar no Escritório da ONU de Apoio à Construção da Paz na Guiné-Bissau, Uniogbis.

A nota de Ban Ki-moon sobre o anúncio destaca que o brasileiro “traz uma rica experiência política e de liderança”, alcançada em mais de duas décadas de trabalho com as Nações Unidas.

África

Nos últimos sete anos, Carmignani serviu em missões políticas e de paz no Oriente Médio, como conselheiro sênior e chefe de pessoal. Antes, ele trabalhou na sede da ONU em Nova York e também em escritórios na África, como na Operação das Nações Unidas no Burundi, Bnub.

Ele tem um doutorado profissional em Direito, obtido na universidade americana de Rutgers, estado de Nova Jérsei, além de ser graduado em Engenharia pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica do Brasil, Ita.

Marco Carmignani irá trabalhar ao lado do representante do Secretário-Geral na Guiné-Bissau, o prêmio Nobel da Paz e ex-presidente do Timor-Leste, José Ramos Horta.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud