Entrevista: João Soares da Gama

8 maio 2014

A dedicação do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura à Guiné-Bissau é para o país um estímulo para ultrapassar os problemas políticos que considera estarem “no início do fim.”

Na festa para marcar a data, em Nova Iorque, o embaixador guineense junto das Nações Unidas falou das expetativas após as primeiras eleições a seguir ao golpe de estado.

Quanto à estabilização, João Soares da Gama referiu que a Guiné-Bissau vai precisar do mundo “até que as coisas sejam resolvidas.”

Acompanhe a entrevista à Rádio ONU.

Tempo total: 5’59”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud