OMS afirma que alastramento da pólio pode impedir erradicação da doença

6 maio 2014

A Organização Mundial da Saúde, OMS declarou que foram atingidas as condições para considerar a transmissão do vírus da poliomelite uma "emergência de saúde pública internacional".

A afirmação foi feita nessa segunda-feira, 5 de maio, numa conferência de imprensa realizada em Genebra pelo Comitê Internacional de Regulamentação de Emergência de Saúde.

A lista de nações com risco contínuo de novas exportações do vírus da pólio selvagem este ano inclui Israel, Etiópia, Iraque e Somália. A doença que causa danos como paralisia e deformidades, é tida como uma das mais graves apesar de ser evitada pela vacinação.

Entre as recomendações da OMS estão a necessidade de garantir que todos os residentes e visitantes dos países afetados por mais de quatro semanas recebam uma dose de vacina antes da viagem.

Mais informações com Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal da Globo News.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud