Sudão do Sul: missão da ONU descobre dezenas de corpos em Bentiu

17 abril 2014

Cidade é uma das três tomadas por rebeldes nesta semana; número de abrigados nas instalações da ONU sobe para 12 mil.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul, Unmiss, confirmou relatos da tomada de mais dois centros urbanos pela oposição do país. Trata-se dos municípios de Rubkona e Guit.

Nesta terça-feira, a operação de paz na mais nova nação africana  confirmou a tomada de Bentiu, a capital do estado sul-sudanês de Unidade, no norte.

Corpos

Após patrulhas realizadas em Bentiu e Rubkona, a Unmiss disse ter verificado a presença de poucos militares do Exército de Libertação do Povo do Sudão e o abandono das suas instalações principais.

O cenário observado em Bentiu é marcado por lojas pilhadas pelos civis e cerca de 40 corpos nas ruas.

Abrigo

Com os mais recentes combates na cidade, aumentou o número de civis em busca de abrigo nas instalações da ONU para 12 mil pessoas. A maioria é composta por mulheres e crianças.

Vários outros civis pernoitaram nas proximidades do Hospital de Bentiu e no complexo do Programa Mundial da Alimentação, revela a Unmiss.

De acordo com as Nações Unidas, mais de 1 milhão de pessoas já abandonaram as suas casas devido ao conflito entre o governo e a oposição, iniciado em meados de dezembro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud