Ban manifesta choque com ataque a bomba que matou dezenas na Nigéria

14 abril 2014

Agências noticiosas apontam para mais de 70 mortos na explosão numa estação rodoviária perto da capital nigeriana.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas manifestou choque e tristeza com a perda de vidas devido ao ataque a bomba ocorrido esta segunda-feira numa estação rodoviária da capital nigeriana, Abuja.

A explosão no bairro Nyanyan teria feito mais de 70 mortos, apontam agências noticiosas. De acordo com os relatos, o estrondo e as explosões de tanques de combustível teriamdestruído mais de 30 veículos na área situada a 10 km do centro da cidade.

Corpos

As agências citam testemunhas oculares a informar que logo após o incidente, vários corpos estavam espalhados ao redor da área. Pelo menos 124 pessoas  ficaram feridas.

Ban Ki-moon prestou solidariedade às famílias enlutadas e aos feridos, na mensagem que condena veementemente a todos os assassinatos indiscriminados e o extremismo violento.

Ataques Brutais

O secretário-geral reitera que tanto os autores do ataque como os responsáveis pela continuação dos atos brutais no nordeste do país devem ser levados à justiça.

As agências referem ainda que as suspeitas recaem sobre o grupo de milícias islâmicas Boko Haram, que já levou a cabo ataques anteriores em Abuja. Atualmente, o foco das ações do grupo está no nordeste do país.

As autoridades policiais nigerianas decretaram o alerta vermelho e aumentaram a vigilância, nas que chamam de “todas as áreas vulneráveis de Abuja.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud