Na ONU, ator Russell Brand pede fim da punição aos usuários de drogas
BR

19 março 2014

Ele foi convidado a falar na sessão da Comissão sobre Narcóticos, em Viena; Brand, ex-usuário, defende que viciados não sejam tratados como criminosos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O ator e comediante Russell Brand foi convidado a falar esta quarta-feira na 57ª sessão da Comissão sobre Narcóticos, reunião que ocorre na sede das Nações Unidas em Viena, Áustria.

Brand, ex-usuário de drogas, relembrou sua própria experiência e disse que conseguiu se livrar do vício ao receber “compaixão e tolerância”. O ator pediu mudanças nas políticas e leis contra o uso de drogas.

Consenso

Russell Brand defendeu um contexto onde os usuários não sejam tratados como criminosos, mas sim como pessoas com problemas de saúde. Ele também se mostrou preocupado com a falta de consenso global sobre como tratar a questão das drogas.

A reunião da Comissão sobre Narcóticos termina na sexta-feira. O encontro, liderado pelo Escritório da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, tem a participação de representantes de governos e da sociedade civil.

Uma abordagem mais voltada à saúde dos usuários de drogas é um dos temas debatidos na conferência. Os especialistas discutem esforços regionais para reduzir o fornecimento de drogas ilegais, a implementação de tratados internacionais sobre drogas e os impactos causados por novas substâncias psicoativas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud