Simonovic vai avaliar situação dos direitos humanos na Ucrânia
BR

7 março 2014

Secretário-geral assistente é uma das mais altas autoridades da ONU sobre o assunto; ele vai se reunir esta sexta-feira com representantes do governo e da sociedade civil para identificar os desafios.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral assistente da ONU, Ivan Simonovic, já está na Ucrânia para avaliar a situação dos direitos humanos no país. Ele é uma das mais altas autoridades das Nações Unidas sobre o assunto.

Simonovic vai conduzir uma análise preliminar sobre o problema com a ajuda de uma equipe do Escritório do Alto Comissariado de Direitos Humanos.

Reuniões

Nos oito dias em que permanecerá na Ucrânia, o secretário-geral-assistente vai se reunir com autoridades ucranianas e representantes da sociedade civil, como também de organizações internacionais em atividade no país.

O objetivo é tentar identificar possíveis desafios em relação aos direitos humanos, pedir às autoridades proteção para minorias, como também, punição para os que cometeram violações recentemente no país.

Simonovic vai apresentar um relatório com suas recomendações ao Alto Comissariado quando voltar a Genebra. Ele falará sobre a viagem com os jornalistas somente no dia 14.

Retórica Provocativa

Nesta quinta-feira, o vice-secretário-geral da ONU, Jan Eliasson, disse ao Conselho de Segurança que a Ucrânia “está no limite”.

Ele pediu o fim da “retórica provocativa” que está alimentando as tensões na região. Eliasson, que está na capital ucraniana, disse que a situação em Kiev é estável mas que existem relatos perturbadores de outras áreas do país.

O vice-secretário-geral foi enviado pelo chefe da ONU, Ban Ki-moon, em uma missão urgente à Ucrânia para tentar diminuir as tensões e avaliar as condições para um acordo pacífico que acabe com a crise.

Leia mais:

Enviado da ONU é ameaçado por homens armados na Crimeia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud