Entrevista: Acesso a anticoncepcionais

6 março 2014

A Organização Mundial da Saúde, OMS, divulgou novas recomendações sobre o acesso a métodos contraceptivos. A agência da ONU pede aos países que eliminem as barreiras financeiras, que ampliem os serviços de informação e permitam aos adolescentes ter anticoncepcionais sem a necessidade da autorização dos pais.

Segundo a OMS, 222 milhões de mulheres e meninas no mundo que não querem engravidar não têm acesso aos métodos contraceptivos.  Sobre o tema, a Rádio ONU ouviu o médico e secretário da Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetrícia e Ginecologia.

De Coimbra, Daniel Pereira da Silva elogiou as novas recomendações da OMS. Ouça a entrevista conduzida por Leda Letra.

Tempo: 5’50’’