Ban disse que líderes da Venezuela devem ouvir a população
BR

3 março 2014

Secretário-Geral informou que se reunirá com ministro do Exterior do país para discutir situação; ele afirmou que questões devem ser resolvidas através do diálogo.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU afirmou que os líderes da Venezuela devem escutar “cuidadosamente as aspirações de sua população.”

Ban Ki-moon fez a declaração durante entrevista a jornalistas nesta segunda-feira em Genebra.

Diálogo

Ban foi perguntado sobre o uso excessivo da força pelo governo, ataques contra representantes da imprensa e a respeito de tensões com os líderes da oposição. O chefe da ONU disse que irá se reunir com o ministro das Relações Exteriores venezuelano sobre o tema.

Ban Ki-moon contou que a reunião com o ministro Elías Jaua Milano ocorreria na noite desta segunda, em Genebra. Ele lembrou que tem feito apelos às autoridades venezuelanas para que lancem mão do diálogo.

O Secretário-Geral disse ainda que se reuniu com o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, às margens da Conferência da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e do Caribe, Celac, ocorrida no mês passado em Havana, Cuba.

Crise

Ban citou que na época não havia a crise como atualmente. Depois desse encontro, ele afirmou que tem frisado a necessidade de diálogo às autoridades do país.

O chefe da ONU explicou que ao mesmo tempo em que as liberdades de expressão e de reunião estão protegidas, os manifestantes devem usar apenas meios pacíficos para expressar suas opiniões.

Ban finalizou dizendo que organizações regionais estão tentando ajudar a solucionar essas questões, mas avisou que acima de tudo o governo venezuelano deve engajar-se num diálogo para resolver esses assuntos.