Unrwa consegue entregar mais comida aos sitiados em Yarmouk
BR

27 fevereiro 2014

Famílias que estão na área próxima a Damasco, na Síria, sofrem com a privação de alimentos e de ajuda essencial; agência da ONU diz que multidão estava pronta para receber os 450 pacotes de comida.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência da ONU de Assistência aos Refugiados Palestinos conseguiu entregar comida à população que está sitiada em Yarmouk, área próxima à capital da Síria, Damasco.

Os funcionários da Unrwa confirmam que vários prédios estão totalmente destruídos e muitos civis desesperados, já que sofrem com a privação de ajuda humanitária há vários meses.

10 Dias

Segundo a Unrwa, uma multidão esperava para receber a comida na quarta-feira. A agência recebeu nova autorização para entrar em Yarmouk, que abriga 18 mil palestinos e um número desconhecido de sírios.

Durante quatro horas, foram distribuídos 450 pacotes com alimentos, sendo que cada um é suficiente para alimentar uma família de cinco a oito pessoas por 10 dias.

Vacinas

Apesar da multidão, a Unrwa conseguiu entregar a ajuda sem nenhuma pausa ou incidente de segurança e volta a ressaltar a importância de se aumentar a assistência em Yarmouk.

A agência foi forçada a suspender a distribuição de ajuda após a intensificação dos conflitos na área. Desde janeiro, Unrwa conseguiu entregar mais de 7 mil pacotes de alimentos, 10 mil vacinas contra pólio e outros medicamentos.

No começo da semana, o chefe da Unrwa, Filippo Grandi, foi a Yarmouk e relatou que a “devastação do local é inacreditável”, com edifícios destruídos e passagens bloqueadas. Grandi também ficou chocado com o estado da população que vive em Yarmouk.

Sem comida ou remédios, pelo menos 100 pessoas já morreram no acampamento sírio nos últimos meses, segundo cálculo das Nações Unidas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud