Estoque de gás mostarda é retirado da Síria
BR

26 fevereiro 2014

Coordenadora da missão conjunta ONU-Opaq confirmou que armas saíram do país; Sigrid Kaag cita passo importante na eliminação dos materiais químicos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A coordenadora da Missão Conjunta da ONU e da Organização para Proibição de Armas Químicas, ONU-Opaq, confirmou a retirada de mais materiais químicos da Síria.

Segundo Sigrid Kaag, uma embarcação com estoque de gás mostarda saiu do país esta quarta-feira. A representante afirmou ter sido um passo importante para a eliminação de todo o arsenal de armas químicas da Síria.

Segurança

A missão ONU-Opaq espera que o governo sírio continue colaborando para que a retirada do material seja feita com segurança e a tempo, por meio de movimentações sistemáticas e planejadas.

O porta-voz do Secretário-Geral da ONU confirmou que Ban Ki-moon elogiou o anúncio da retirada do gás mostarda.

Civis

Também esta quarta-feira, o Escritório da ONU de Assistência Humanitária, Ocha, informou que foram liberados 58 homens que deixaram a Cidade Velha de Homs.

Há relatos de ataques aéreos em Aleppo, afetando vários bairros da cidade. O Crescente Vermelho Sírio conseguiu entregar 5 mil pacotes de pão e 1 tonelada de banana para a prisão central, que está cercada por grupos armados.

Na terça-feira, um avião com 38 toneladas de farinha, fornecidas pelo Programa Mundial de Alimentos, chegou à cidade de Qamishli, nordeste da Síria.