Ban preocupado com ataques a instituições de ensino na Nigéria

26 fevereiro 2014

Secretário-Geral defende que responsáveis sejam levados rapidamente à justiça; agências noticiosas apontam para a morte de 29 adolescentes na sequência do ataque a uma escola governamental do estado de Yobe.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral disse estar profundamente preocupado com o aumento da frequência e da brutalidade dos ataques contra instituições de ensino no norte da Nigéria.

As declarações foram feitas após um ataque a uma escola do Governo Federal perpetrado por homens armados não identificados, nesta terça-feira, em Buni Yadi no estado nordestino de Yobe.

Incêndio

Segundo agências noticiosas, pelo menos 29 estudantes adolescentes foram mortos. Outros 11 ficaram gravemente feridos na ação que culminou com os atacantes a atear fogo na maior parte da escola.

Os relatos das agências dão conta de que a incursão teria sido levada a cabo pelas milícias  Boko Haram durante a noite, quando os estudantes estavam nos seus dormitórios. O grupo opõe-se à educação ocidental.

Condolências

Ban diz que nenhum objetivo pode justificar a prática do tipo de violência. O chefe da ONU condenou veementemente o ato e expressou condolências às famílias enlutadas.

O Secretário-Geral disse esperar ainda que os responsáveis sejam levados rapidamente à justiça.