Entrevista: Carlos Agostinho das Neves

24 fevereiro 2014

O embaixador de São Tomé e Príncipe junto das Nações Unidas fala das vantagens que podem ser aproveitadas com a proclamação do Ano Internacional dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento.

Carlos Neves contou à Rádio ONU, em Nova Iorque, que uma das frentes a serem abordadas pelo país será a sensibilização para a ajuda em benefício da economia. As celebrações foram lançadas, esta segunda-feira, em Nova Iorque.

As águas territoriais do país lusófono têm uma extensão que é 160 vezes maior do que o espaço terrestre. O fator é considerado uma vantagem para o desenvolvimento diante de um “futuro baseado nos oceanos.” 

Os desafios do arquipélago incluem a falta de chuvas há mais de um mês, que o diplomata considera um “problema grave onde se registam nove meses de chuva por ano.” O estímulo ao turismo e o combate à pirataria também são temas da conversa.

Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane.

Tempo total: 17’01”