ONU condena atentados a bomba no Líbano
BR

19 fevereiro 2014

Coordenador especial das Nações Unidas para o país afirmou que os ataques deixaram vários mortos e feridos em Bir Hassan; Derek Plumbly pediu aos libaneses que permaneçam unidos em face de “ações terroristas terríveis e indiscriminadas”.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU condenou nesta quarta-feira os atentados terroristas ocorridos em Beirute, no Líbano.

O coordenador especial para o país, Derek Plumbly, disse que os dois ataques a bomba deixaram vários mortos e feridos. Ele enviou condolências às famílias das vítimas.

Hezbollah

Segundo as agências de notícias, pelo menos quatro pessoas morreram nos incidentes, perto do Centro Cultural Iraniano, área controlada pelo grupo Hezbollah.

Plumbly pediu aos libaneses que continuem unidos em face de “ações terroristas terríveis e indiscriminadas”. Ele citou os acontecimentos positivos dos últimos dias, como a formação de um novo governo.

Para o coordenador especial da ONU, a população deve prestar apoio às instituições governamentais, como o exército e as forças de segurança, para salvaguardar a segurança e a estabilidade do país.

Comunidade Internacional

Ele reiterou também o compromisso da comunidade internacional em apoiar o Líbano nesse esforço.

Plumbly elogiou ainda as ações militares libanesas para prender suspeitos terroristas e evitar ataques.

O representante da ONU espera que os responsáveis pelos atentados desta quarta-feira e de outros atos terroristas sejam levados à justiça o mais rápido possível.