ONU reage a ataque com carro-bomba contra comboio da organização na Somália

13 fevereiro 2014

Explosão perto do principal aeroporto da capital matou seis pessoas; organização diz que uma viatura foi destruída no ato ocorrido esta quinta-feira.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas condenaram o ataque contra um comboio de veículos da organização ocorrido, esta quinta-feira, próximo do Aeroporto Internacional de Mogadíscio.

Agências noticiosas indicam que a explosão de um carro armadilhado estacionado perto da área matou seis pessoas. A maioria passava pelo local. As informações das agências indicam ainda que o ataque foi reivindicado pelas milícias islamitas al-Shabab.

Recuperação

A área é considerada uma das mais fortificadas da capital Somali e acolhe várias representações diplomáticas.

Em nota, o Secretário-Geral manifesta condolências às famílias dos mortos na ação e deseja rápida recuperação aos feridos.

Responsáveis

O representante do chefe da ONU na Somália, Nicholas Kay, disse que uma das viaturas da organização foi danificada no ataque ocorrido às 12.30 hora local.

O responsável contou que apesar de nenhum membro da equipa ter sido ferido, quatro elementos da escolta de segurança contraíram ferimentos ligeiros.

Ban reafirmou a determinação de apoio o Governo da Somália para impedir o tipo de atos e para a responsabilização dos autores. Ao pessoal da ONU no país africano agradeceu pelo que chamou “dedicação contínua sob circunstâncias difíceis.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud