OIM ajuda náufrago salvadorenho a retornar para casa BR

OIM ajuda náufrago salvadorenho a retornar para casa

Segundo Organização Internacional para Migrações, José Salvador Alvarenga está voltando para seu país esta terça-feira; pescador ficou mais de um ano à deriva no Oceano Pacífico.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Após mais de um ano à deriva no Oceano Pacífico, o náufrago de El Salvador retorna ao seu país esta terça-feira, com a ajuda da Organização Internacional para Migrações. Ao fazer o anúncio, a OIM afirmou que trabalha com o governo salvadorenho e das Ilhas Marshall, onde José Salvador Alvarenga foi encontrado há 12 dias.

Resgate 

A organização cuidou dos detalhes do voo para o pescador e pagou pelo transporte, por meio do seu programa de assistência aos migrantes. A OIM lembra que o caso do náufrago chamou a atenção mundial, quando ele foi encontrado na pequena ilha de Ebon, nas Ilhas Marshall, há mais de 12 mil km de distância de seu ponto de partida.

No resgate, Alvarenga contou que ele e outro pescador deixaram a costa mexicana no fim de 2012, mas o barco teve problemas após uma tempestade. O outro pescador morreu quatro meses depois, mas o salvadorenho sobreviveu por 14 meses, comendo peixe, tartarugas e gaivotas.

Recepção 

Após receber alta médica para a viagem de volta, Alvarenga seguiu no avião, acompanhado de um representante do governo de El Salvador e deve chegar ainda esta terça-feira ao seu país.

A OIM diz que a família do pescador estava sem notícias sobre ele há quase 15 anos, quando Alvarenga decidiu migrar para o México. Ele tem uma filha de 14 anos, que vai conhecer pela primeira vez. O chefe da OIM em El Salvador estará junto com a família no aeroporto para receber o náufrago.