Entrevista: Fernando Maluf

4 fevereiro 2014

Normal

0

false

false

false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */

table.MsoNormalTable

{mso-style-name:"Table Normal";

mso-tstyle-rowband-size:0;

mso-tstyle-colband-size:0;

mso-style-noshow:yes;

mso-style-parent:"";

mso-padding-alt:0in 5.4pt 0in 5.4pt;

mso-para-margin:0in;

mso-para-margin-bottom:.0001pt;

mso-pagination:widow-orphan;

font-size:10.0pt;

font-family:"Times New Roman";

mso-ansi-language:#0400;

mso-fareast-language:#0400;

mso-bidi-language:#0400;}

No Dia Mundial do Câncer, este 4 de fevereiro, o diretor do Centro Oncológico Antonio Ermírio de Moraes, em São Paulo, o médico Fernando Maluf, falou à Rádio ONU como estão os trabalhos de combate à doença no Brasil.

Maluf citou as campanhas contra o tabagismo e contra a obesidade. Ele disse que a tendência de aumento de novos casos e de mortes por câncer, vista em todo o mundo, também está acontecendo no país.

O médico falou também sobre o uso de narcóticos para ajudar a aliviar a dor e o sofrimento dos pacientes.

Maluf afirmou que a maconha, quando bem indicada no combate à náusea e vômitos e para o aumento do apetite, tem seu lugar claramente estabelecido no tratamento dos pacientes oncológicos.

Ouça a entrevista com Edgard Júnior

Duração: 8’00”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud