Vice-enviado da ONU e da Liga Árabe para a Síria deixa cargo
BR

3 fevereiro 2014

Nasser al-Kidwa informou o Secretário-Geral sobre sua decisão de sair do posto ainda esta semana; Ban Ki-moon agradeceu pelo seu trabalho na tentativa de acabar com o conflito no país.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O vice-enviado especial da ONU e da Liga Árabe para a Síria confirmou esta segunda-feira que deixa o cargo nesta semana. Nasser al-Kidwa já comunicou a decisão ao Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.

Al-Kidwa foi o vice de Lakhdar Brahimi, que é o mediador das negociações de paz entre o governo sírio e representantes da oposição. Ao renunciar ao cargo, ele indicou a Ban Ki-moon estar disponível para servir às Nações Unidas em outras funções.

Tentativa

O Secretário-Geral expressou gratidão pelo trabalho de al-Kidwa, que foi vice tanto com Brahimi como do ex-enviado da ONU para a Síria, Kofi Annan.

Ban agradeceu ao vice-enviado por sua tentativa em acabar com a violência e as mortes na Síria, e por tentar implementar um governo de transição no país.

As negociações entre ONU, governo e oposição devem ser retomadas em Genebra no dia 10 de fevereiro. Em três anos de guerra civil, as Nações Unidas calculam que mais de 100 mil pessoas morreram e 9,3 milhões de civis precisam de ajuda, incluindo 2,3 milhões que estão refugiados em países vizinhos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud