Em Genebra, Brahimi mantém bilaterais com partes do conflito sírio

23 janeiro 2014

Líderes das delegações do governo e da oposição reúnem separadamente com enviado da ONU e da Liga Árabe para a Síria;  plano é que ambos tenham um encontro na mesma sala nesta na sexta-feira na cidade suíça.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O representante especial da ONU e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi, iniciou esta quinta-feira reuniões bilaterais, em Genebra, com os chefes das duas delegações do conflito sírio.

Uma nota do porta-voz do Secretário-Geral das Nações Unidas realça o primeiro encontro com o líder da Coligação Nacional Síria, Ahmad Jarba, e depois com o ministro dos Negócios Estrangeiros do país, Walid al-Mouallem.

Tentativa

Os encontros mantidos separadamente antecedem a tentativa anunciada por Brahimi de reunir ambos na mesma sala, nesta na sexta-feira, na cidade suíça.

Ao dar a conhecer o propósito, o enviado alertou que não tinha ilusões de que a tarefa seria fácil.

Em cerca de três anos, o conflito fez mais de 100 mil mortos e 9,3 milhões de pessoas necessitadas de assistência humanitária no país.

Primeiro Passo

A conferência desta quarta-feira, que decorreu sob os auspícios da ONU em Montreux, foi tida como o primeiro passo no mais recente esforço internacional para acabar com os confrontos.

Na ocasião, o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki -moon, disse que não era tarde demais para acabar com o derramamento de sangue, ao pedir aos representantes sírios que ajam “de forma decisiva e corajosa.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud