Ban aplaude desfecho de diálogo nacional sobre futuro do Iémen

22 janeiro 2014

Conferência em Sanaa juntou políticos e líderes de vários setores do país desde março passado; agências noticiosas realçam assinatura de declaração dos participantes tida como base para a nova Constituição.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral saudou, esta quarta-feira, ao povo do Iémen pela conclusão da Conferência de Diálogo Nacional sobre o país.

Em nota, Ban Ki-moon elogia o que considera conclusão bem-sucedida do evento, tendo realçado a “liderança e a determinação” do presidente Abed Haddi e dos delegados ao evento.

Políticos

Agências noticiosas informaram que o líder iemenita deve revelar, neste sábado, os detalhes da visão de grupos políticos, tribais, religiosos e sociais rivais para um novo sistema político. Um documento assinado pelas partes é tido como a base da nova Constituição.

O diálogo, iniciado em março, é considerado como parte fundamental do acordo mediado pela ONU e pelo Conselho de Cooperação do Golfo. O processo permitiu a transição do poder do presidente Ali Abdullah Saleh, em novembro de 2011, após uma revolta popular.

Para Ban, a conferência representa um grande passo adiante no processo de transição do país, que disse ter alcançado uma conquista difícil face de obstáculos e atrasos.

Diálogo

O chefe da ONU disse que o Iémen tem demonstrado a possibilidade de uma mudança positiva para a região, quando esta é buscada através do diálogo e do compromisso.

Segundo referiu, o comprometimento de todos os atores para alcançar uma transição política pacífica definiu o caminho para a governação democrática no país.

Morte de Delegado

Mas Ban condenou o assassinato de um delegado dos rebeldes Houti à Conferência, que era um académico da Universidade de Sanaa. Para o Secretário-Geral, a morte de Ahmad Sharafeddin é um lembrete doloroso dos desafios do Iémen. Ele foi morto a tiros a caminho do hotel, nesta terça-feira.

O Secretário-Geral manifestou solidariedade à família e exortou as autoridades a levar os autores do crime à justiça. Ban reiterou o contínuo apoio das Nações Unidas para a próxima fase da transição no Iémen.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud