Nações Unidas condenam explosão em Beirute
BR

21 janeiro 2014

Segundo agências de notícias, quatro pessoas morreram após carro-bomba explodir numa área residencial no sul da cidade; Ban Ki-moon diz que atos de terrorismo são totalmente inaceitáveis.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O Secretário-Geral da ONU condenou a explosão de um carro-bomba em uma rua residencial e comercial de Beirute. O ataque, esta terça-feira, deixou pelo menos quatro mortos e dezenas de feridos, segundo agências de notícias. A explosão ocorreu no subúrbio de Haret Hreik, na região sul da capital libanesa.

Em nota, Ban Ki-moon pede que “os autores desse crime hediondo sejam levados à justiça”. O chefe da ONU destaca que “recorrentes atos de terrorismo e violência no Líbano são totalmente inaceitáveis.”

Estabilidade

Ban pede aos libaneses apoio às instituições do Estado, em especial as forças armadas, e empenho em prol da união nacional, que segundo ele, é a melhor forma de garantir a segurança e a estabilidade “frente ao terrorismo”.

A explosão do carro-bomba também foi condenada pelo coordenador especial da ONU no Líbano. Derek Plumbly classificou a ação como um “ato de terror indiscriminado, profundamente perturbador”.

Plumbly ressalta que ações do tipo não podem ser justificadas e são totalmente contrárias aos interesses de todos os libaneses.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud