ONU alarmada com ameaças a funcionários no Sudão do Sul
BR

20 janeiro 2014

Em nota, Secretário-Geral relatou incidente sobre tentativa de entrada forçada na base da organização em Bor; militares sul-sudaneses queriam que soldados acompanhasem civis em visita ao complexo da Missão das Nações Unidas, Unmiss.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas emitiram uma nota manifestando preocupação com ameaças feitas ao pessoal da organização no Sudão do Sul.

O Secretário-Geral, Ban Ki-moon, disse que está alarmado com a tentativa de entrada forçada por membros do governo sul-sudanês e militares à base da ONU em Bor.

País Jovem

Ban lembrou que milhares de civis foram assassinados, de forma brutal, e muitos perderam suas casas em apenas um mês após a eclosão do conflito no país.

O chefe da organização voltou a pedir a todas as partes e aos respectivos líderes no Sudão do Sul para fazerem mais pela proteção dos civis. Ban disse ainda que eles devem parar imediatamente com a violência, que tem um impacto arrasador sobre o país mais jovem do mundo.

Ainda em nota, as Nações Unidas informaram que os militares do Sudão do Sul teriam ameaçado o pessoal do ONU na Missão, depois que os funcionários recusaram autorizar que soldados armados sul-sudaneses acompanhassem os civis durante visita ao complexo da Unmiss.

Ban encerrou condenando as ameaças feitas aos funcionários da organização e exigiu que todos os lados do conflito respeitem os locais de proteção dos civis na Unmiss.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud