Angola destacada no crescimento económico global, diz Banco Mundial

15 janeiro 2014

Desempenho do país em 2014 deve rondar 8%; no considerado tomar do impulso após a crise, órgão prevê que a economia mundial cresça 3,2% neste ano.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A previsão de crescimento económico angolano na ordem dos 8% em 2014 mereceu destaque do Banco Mundial no desempenho das economias em desenvolvimento. Nos dois anos seguintes, a performance do país deve ser de 7,3% e 7% respetivamente.

O  relatório anual do órgão sobre a economia mundial indica uma mudança de rumo com uma expansão global de 3,2%. O estudo “Perspetivas Económicas Globais” adverte, entretanto, que a previsão de crescimento continua vulnerável.

Crescimento

Após a crise financeira, o Banco Mundial defende que as nações mais ricas parecem estar a tomar impulso. Espera-se que a sua performance apoie o crescimento mais forte das economias em desenvolvimento.

A expansão do grupo dessas nações deve estar acima dos 5%, com destaque para a China com 7,7% e a Índia com 6,2%. A recomendação é que sejam evitados excessos políticos para manter os avanços.

Moderação

Quanto à África Subsaariana, uma demanda doméstica robusta deverá continuar a apoiar o crescimento a médio prazo. O Produto Interno Bruto, PIB, regional deverá chegar a 5,3% em 2014.

No documento lançado em Washington, o Brasil é destacado pela moderação da demanda doméstica. O PIB do país deve expandir 2,4% este ano e 2,7% no próximo.

O aumento das exportações, do consumo e o crescimento constante devem permitir uma expansão da economia de 3,7% em 2016. Na América Latina, o México deve crescer 3,4% e 4,2% em 2016.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud