Banco Mundial vê bons resultados de projeto contra a seca no Uganda

15 janeiro 2014

Estudo do órgão avaliou iniciativa com telemóveis para o sector de agricultura e florestas; chefes comunitários de 55 vilas recolheram dados digitais sobre a seca.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

Um novo estudo do Banco Mundial sobre aplicações móveis para o sector de agricultura e de florestas no Uganda reconhece a eficácia de um projeto implementado por uma agência da ONU no país.

A iniciativa da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, utilizou a recolha de dados digitais na preparação das temporadas de seca no Uganda.

Telemóveis 

Segundo o Banco Mundial, o trabalho feito pela FAO na província de Karamoja é inovador. Chefes comunitários de 55 vilas receberam telemóveis para coletar e comparar dados digitais sobre os sinais da seca.

Por meio do seu programa de responsabilidade social, a Nokia forneceu os aparelhos e o software para a recolha dos dados, e assim, permitiu a estas comunidades remotas o acesso a informações em tempo real.

Governo

Como resultado, a análise sobre períodos de seca foi mais apurada. O Banco Mundial avalia ainda ter sido o caso de uma “parceria perfeita” entre a FAO, uma organização não-governamental que deu apoio às comunidades, e o governo do Uganda, que permitiu a implantação do projeto.

Agora, a FAO colabora com o Ministério da Agricultura do país para que os dados obtidos sejam acrescentados ao portfólio do governo ugandês. 

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud