Doadores devem destinar US$ 500 milhões para sírios no Curdistão

14 janeiro 2014

Alto Comissário para Refugiados diz que fundos serão angariados na Conferência do Kuwait, nesta quarta-feira; região autónoma iraquiana acolhe mais de 200 mil sírios.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas esperam destinar mais de meio milhão de dólares para o Curdistão, dos valores que devem ser mobilizados a partir desta quarta-feira na conferência do Kuwait sobre a Síria.

A informação foi dada pelo Alto Comissário para Refugiados, António Guterres, que acompanhou o Secretário-Geral da ONU na visita ao acampamento de refugiados da região iraquiana de Kawrgosik.

Ação

Os sírios são a maioria dos residentes da área administrada pelo Governo Regional do Curdistão, que acolhe mais de 200 mil pessoas do país.

Falando em inglês, Guterres contou que tanto ele como a chefe da Assistência Humanitária da organização, Valerie Amos, devem lançar em nome de toda a comunidade humanitária um apelo de US$ 542 milhões. Os valores devem ser aplicados na ação humanitária no Curdistão e no apoio às comunidades locais.

Partilha de Fardos

Mas Guterres referiu que a assistência financeira não é suficiente, tendo destacado também a necessidade da partilha dos fardos para a deslocação de refugiados à área, que tem as suas fronteiras abertas.

Na ocasião, o Secretário-Geral disse estar particularmente triste com a situação de crianças e jovens vulneráveis que sofrem “da tragédia causada pelo homem.” Ban Ki-moon manifestou esperanças de que um processo de paz liderado pelos sírios culmine com o regresso dos refugiados às suas casas.

No acampamento, Guterres citou riscos como o afogamento de sírios no Mediterrâneo pelo seu envolvimento com contrabandistas e traficantes para chegarem com segurança aos países onde esperam ter asilo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud