FMI fala de expectativas para encontro africano em Moçambique

10 janeiro 2014

Diretora executiva do órgão pede vigilância dos países do continente para riscos; conferência “África Ascendente” está agendada para finais de maio em Maputo.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A diretora executiva do Fundo Monetário Internacional, FMI, fez menção à conferência de alto nível sobre a economia africana, a decorrer em Moçambique daqui a três meses.

Christine Lagarde destacou que deve haver uma análise mais profunda sobre a área, no evento “África Ascendente”, em tradução livre, a decorrer de 29 a 31 de maio. 

Desafios

No Mali, a representante disse que o objetivo da parceria entre o órgão com o governo moçambicano é avaliar os sucessos económicos dos países do continente e os seus desafios.

Apesar de prever um crescimento de 6% para a África Subsaariana em 2014, Lagarde pediu vigilância dos países para vários riscos. Entre eles estão a redução da procura nos mercados emergentes e as mudanças desfavoráveis nos preços de bens básicos, aliadas aos altos custos de financiamento.

Em abril, a economia do continente será tema de uma conferência com académicos em Washington.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud