ONU preocupada com situação de refugiados em 2014

3 janeiro 2014

A chefe do Escritório de Assistência Humanitária da ONU, Ocha, afirmou esta quinta-feira, em Nova York, que o ano de 2014 já começa com "crises humanitárias severas."

Ela lembrou que o ano passado foi encerrado com três grandes emergências: Síria, República Centro-Africana e Filipinas.

A subsecretária-geral referiu que o Ocha precisa este ano de US$ 12,9 bilhões para levar assistência a 52 milhões de pessoas.

Segundo Amos, devido à piora da situação no Sudão do Sul e na República Centro-Africana, e à continuação da crise na Síria, os recursos do escritório estão no limite.

Acompanhe a reportagem de Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York, para o Jornal Globo News.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud